quinta-feira, novembro 08, 2007

Hoje procurei carrinho para bebê. Francamente, olhando os muitos modelos fiquei muito confusa: como escolher? Que critérios adotar na escolha? Faz tanto tempo que passei por essa experência e os modelos são tão diferentes! Mudou muito de lá para cá. Até mesmo as peças do enxoval. Por exemplo: procurei casaquinho de fustão bordadinho, na cor amarelo bem clarinho. Disseram que ninguém usa mais, que não há no mercado. Como assim? É tão lindinho! rs Tem muitas novidades. Estou aprendendo. É tudo novo. rs
Encontrei umas dicas aqui. Mas não sei se são realmente boas.
O que levar em conta na hora de comprar o carrinho de bebê?

Segurança
O que mais deve ser levado em conta na hora de adquirir um carrinho de bebê é a segurança que ele oferece, destacamos os principais fatores e itens de segurança que devem ser levados em conta:

estabilidade: se a mãe pretende carregar bolsas com fraldas, talcos e mamadeira, verifique se o carrinho possui lugar adequado para carregar a bolsa, como cesta porta objetos. Carregar a bolsa em lugares impróprios como pendurar nos puxadores pode prejudicar a estabilidade do carrinho.

cinto de segurança: deve-se dar preferência aos carrinho de bebê com cinto de segurança de pelo menos 3 pontos. Existem ainda os carrinhos que oferecem cintos de segurança de 5 pontos, que oferecem segurança ainda maior.

partes metálicas ou pontiagudas: O carrinho não deve apresentar cantos pontiagudos ou partes metálicas que podem aquecer demais no sol.

bebê de frente à mãe: existem alguns modelos em que o puxador fica de frente ao bebê, assim a mãe pode ficar olhando para o seu bebê quando o carrinho está em movimento.

selo do INMETRO: recomenda-se procurar por carrinhos com selo de aprovação do INMETRO, para ter mais certeza que algum item de segurança passe despercebido.

sistema de freios e travas eficientes: ao pesquisar por carrinhos de bebê, a mãe deve testar o sistema de freios e travas para certificar sua eficiência.

posições reclináveis: o mais recomendado são aqueles que oferecem posição horizontal.


A respeito dos recadinhos:
Pathy, não consegui acesso ao seu blog. Quero conhecer seu filhinho Gabriel. Deixe o link para eu fazer uma visita, viu? Grata pelo carinho.
Que alegria! Ícaro nasceu1 É filhinho de uma amiga, amizade recente que este blog me proporcionou. Que menino lindo! Parabéns aos pais!
Um afago para todas as minhas amigas queridas e para seus filhinhos!

2 comentários:

Happy Belly disse...

Também sofri desse dilema.
Como escolher o carrinho...
Acabei por comprar um trio da Chicco, alcofa, ovo e carrinho de passeio, para falar verdade, há carros todos modernaços, mas bolas, os preços!!!
Falando em dolares, quase todos eram para cima de 500 dolares. Acabei por ir a uma loja e comprei um da Chicco que não havia na Chicco,´modelo disponivel só para hipermercados e que me custou uns 300 Dolares, é seguro, e se pensarmos bem, o ovo é indespensável para transportar o bebé no automóvel, a alcofa é para dormir nos primeiros tempos, depois vai deixa de servir, e o carro para passear... Esse acaba por ser frescura porque são grandes e adaptam-se à estrutura metálica, mas há uns à venda que são tão baratos (15 dólares) e que todo o mundo acaba por comprar depois porque são mais leves e fáceis de transportar.
Mas mãe de preimeira viagem fica meio doida com as novidades. Tenho medo de ter comprado demais ou de menos.
Acho que o Ovo é o mais importante, depois a alcofa pode ser comprada em separado (não comprei berço, fui logo para uma caminha de grades) o carrinho, esse se puder ser dos que se adaptam ao ovo é bom, se não outro qualquer que não seja muito pesado e difícil de tranportar no automóvel.
De qualquer forma, passados uns meses tudo passa a ser pequeno demais para os bebés!
Beijocas e tudo a correr bem por aí!

gaia disse...

não sei quais são as diferenças de legislação entre portugal e o brasil, mas o essencial é que seja um carro que cumpra com todas as normas de segurança e que esteja homologado, para evitar multas desnecessárias. depois é uma questão de gosto pessoal. aconselho a terem atenção ao tamanho do carrinho, pois nem todos cabem no porta bagagens do carro, ou nos elevadores. os de três rodas são maiores e de arrumação mais difícil, que os de quatro rodas. o meu é um trio da chicco (vertigo), com alcofa (onde a raquel dorme nestes primeiros meses), ovo e cadeira. e estou muito satisfeita.

boas compras!