quinta-feira, novembro 29, 2007

Chá de bebê Virtual

Sabe por que esta mãezinha tá sorrindo assim?


Chegou presente pro Biel e é lindo de viver!!!! Veio de São Paulo. Minha querida amiga Camilinha enviou.

Sabe o que Biel fez quando viu o presente?

Pulou, socou e chutou o barrigão da mamãe!


Mandou um montão de beijinhos para Camilinha.
Olha ela aqui:

Olha que fofura! É um carinho para a pele do bebê! Tô apaixonada!!!




Amei o presente, Camilinha! Muito grata!!! Mil beijinhos e afagos.
........

Minhas queridas, muito grata pelos cuidados, pelo carinho e pelas orações. Estou obedecendo direitinho às recomendações médicas, absolutamente quieta no repouso, pensando em tudo que promove a alegria, a fé e a paz.
Gabriel é um menino abençoado, está ajudando muito.
Vocês nem imaginam que alegria sinto ao ler cada recadinho, ao acompanhar suas histórias e a de seus filhos.

Beijo grande!

terça-feira, novembro 27, 2007


Que interessante! O programa "Vila Sésamo" está de volta! Eu adorava!


A turma que encantou os brasileiros na década de 70 está de volta para a alegria dos adultos e sorte da criançada
Quem viveu na década de 70 sem dúvida se lembra do "Vila Sésamo" e de personagens como Garibaldo. Muitos ainda sentem tristeza quando pensam que o seriado acabou. Outros, porque não tiveram a oportunidade de assistir ao programa que foi sucesso em cerca de 120 países. Mas uma boa novidade aconteceu no último dia 29 de outubro. Um novo formato de "Vila Sésamo" estreou na TV Cultura. Com a organização educacional de Sesame Workshop, o programa retorna ao Brasil com dois personagens: Garibaldo, já conhecido pelo público, e Bel, criada especialmente para a versão atual.

A atração, que no início de 2008 deve estrear também na TV Rá Tim Bum, é exibida de segunda a sexta-feira, às 8h30 e às 14h, e aos sábados, às 14h. Voltada para o público infantil de 3 a 6 anos, "Vila Sésamo" pretende familiarizar as crianças, em fase de pré-alfabetização, com números, sons, letras, cores e livros, além de trabalhar a sociabilidade e a diversidade cultural: E tudo isso com um a mais que a equipe tem experiência de sobra: o humor está em cada canto, porque o programa precisa também ser divertido.

O principal objetivo de "Vila Sésamo", que estreou no último mês de outubro, é tornar o aprendizado das crianças de diferentes classes sociais e regiões do Brasil mais acessível, divertido e atraente. Os objetivos educacionais do programa foram definidos com a ajuda de especialistas brasileiros e tem como base quatro princípios.
- Alfabetização e representação simbólica
A série apresenta conceitos essenciais de escrita, leitura, números e geometria por meio de diferentes ferramentas de alfabetização (histórias, poemas, livros e sinais).

- Organização cognitiva
"Vila Sésamo" estimula a criança a combinar figuras, objetos, formas e sons como iguais ou diferentes, a reconhecer formas inseridas em outros desenhos, organizar seqüencialmente uma série, diferenciar localizações, classificar objetos por tamanho, formato, função, classe e qualidade, e identificar várias formas classificatórias em um só item.

- Conhecimento e interesse pelo meio ambiente
Ao promover conceitos básicos sobre ciência e ecologia, o seriado incentiva as crianças a apreciarem e cuidarem do meio ambiente.

- Respeito, compreensão e diversidade
Em cada capítulo, os personagens demonstram o valor do auto-respeito e do respeito ao próximo, enfatizando que todos têm direito a amor, comida, cuidado com a saúde, proteção, educação, brincadeiras e um lugar para viver. Além disso, Bel e Garibaldo valorizam a diversidade geográfica, econômica, étnica, lingüística, religiosa e sexual, e ressaltam atributos positivos para portadores de necessidades especiais, mostrando que atividades cotidianas podem ser adaptadas para que todos consigam participar. Leia mais
......
Mais calor! Vez ou outra chove um pouco e alivia. Isso aqui parece um forno. Aff!


Passei muito mal agora à tarde, cheguei do médico neste momento. Contrações e dores fortes após outra notícia que me abalou muito. Farei repouso, vou orar e tomar Dactil.
Mudei de obstetra. Estou em ótimas mãos.
Só por Deus consegui trazer essa gravidez até aqui e em nome dEle levarei até o fim. Meu filho nascerá saudável e eu ficarei bem.
São 'tantas emoções', queridas. Não é brincadeira. Haja fé e força.


Beijinhos

segunda-feira, novembro 26, 2007

Chá de bebê virtual
Êba! Chegou presente para Gabriel. Mimos enviados pela minha querida amiga Lucia de Fátima. Veio de longe: Caicó-RN.
Que fofo!




Grata, Lucia! Estou apaixonada pelos mimos! Biel manda um afago.

Amanhã farei umas fotos do barrigão e trarei para o blog.

O dia aqui está mais fresco, nublado... dá um soninho! Uma vontade de comer bolinho de chuva e tomar chá de capim-limão, escrever umas crônicas... Faz um tempinho que não escrevo. Estou com saudades.


Beijo grande, queridas! Uma semana abençoada para nós!

domingo, novembro 25, 2007

O papai do Gabriel é louco por cavalos. Hoje queria me incluir no seu programa de domingo: churrasco ao lado do campo onde acontecerá um evento promovido pelo Clube de Cavalos de Itaperuna. Também aprecio cavalos. Fui lá dar uma espiada, fiz estas fotos, depois retornei para casa explicando que o barrigão impedia um programa assim. Ele, marinheiro de primeira viagem, não vê perigo na alimentação inadequada para uma gestante, nem imagina que sentar não é suficiente para nós. rs A todo momento preciso deitar, 'tirar um cochilo'. Resultado, voltei rapidinho para casa com dois filmes, muitas frutas, peixinho e verduras. O maridão, claro, voltou para o churrasco.
As fotos:




Minha mãe veio me fazer companhia.

Gabriel está fazendo uma bagunça no barrigão da mamãe! Eu estou curtindo as coisinhas dele, toda hora abro o armário, olho tudo e vibro com a chegada dessa vida preciosa que Deus está preparando no meu ventre.
Eu gostaria muito de acertar, quero dizer, de educar esse filho de forma que quando ele se tornar um adulto tenha muito amor e respeito por si mesmo e pelos pais, pela família, pelo próximo, seja um servo de Deus, um homem de bem, comprometido com causas que merecem atenção. Sei que só o amor não basta para conseguir esse resultado. Muitos pais zelosos, amorosos, não conseguiram isso. Foram condecendentes, não colocaram limites ou, pelo contrário, colocaram limites demasiados. Protegeram demais... Tantos erros cometidos! Ás vezes ouço pessoas comentando sobre sua infância. São tantas reclamações dos pais! Responsabilizam os pais pelos seus desajustes. Fico pensando... Muitas vezes as queixas procedem, muitos filhos realmente foram vítimas de opressão, negligência etc. Mas em outros casos, muitos pais certamente queriam acertar, aprenderam que daquele jeito era correto. Nas terapias parece que tudo é 'culpa' dos pais.
Tomara conseguir cumprir meu papel.

Bom domingo! Afago para as amigas, para as mãezinhas e para seus filhos.

sábado, novembro 24, 2007

Enfim... comprei o carrinho do Biel. Modelo simples, mas acredito que será muito útil.
Carro de Passeio Bambino Hercules na cor verde musgo.


Este modelo tem a capacidade de transportar bebês com até 18 Kg sendo que o cesto pode acomodar até 5 Kg.

Vantagens
· Encosto com regulagem em 5 posições
· Rodas dianteiras com travas e sistema de amortecedor
· Bolsa tipo mochila
· Amplo cesto porta-objetos
· Capota com visor
· Cabo reversível
· Cinto de segurança com 5 pontos
· Colchão dupla face
· Protetores estofados para cinto e cabeça
· Fácil de abrir e fechar e permanece em pé após fechado
. Tecido 100% algodão lavável
Pensei nos bordejos que daremos por ai no carrinho e me ocorreu que nem sei mais arrumar a bolsa do bebê. hehe Faz tanto tempo! 26 anos!!!

Vamos lá, rememorando...

Componentes essenciais da sacola:

Colchonete com fundo plástico – as vezes vem com a sacola
Fraldas descartáveis
Saco plástico ou saco para jogar as fraldas usadas
Algodão ou lenços umedecidos
Loção de bebê
Protetor solar
Mamadeira de leite, se você não amamenta
Água ou suco numa mamadeira
Algum alimento infantil e colher
Babador
Fralda de algodão para limpar a baba do bebê
Chocalho ou outro brinquedo para distrair o bebê
Chupeta (opcional)
Uma muda de roupa

Ufa! risos

Ótimo final de semana, minhas amigas queridas!
Uma notícia maravilhosa: nasceu a filhinha da Gaby. Catarina é linda! Parabéns aos pais!
Muitos beijos e cheirinhos deliciosos

sexta-feira, novembro 23, 2007


Dever de casa pronto! Malinhas arrumadas. Que o tempo passe bem rapidinho.
Estou surpresa com o crescimento da barriga! De um dia para o outro o barrigão vai empinando mais e mais. E chegaram os desconfortos: não encontro uma posição para dormir, sinto falta de ar, tenho dificuldade para levantar à noite e ir ao banheiro, sinto muita fadiga, exaustão e ansiedade. Fora isso, comecei com um "chororô". Uma vontade de chorar! Voltaram os enjôos, não com tanta assiduidade e permanência, sinto um calor! E como o bebê se movimenta! Já está difícil sair para ver lojas. Cada passo exige tanto fôlego! E olha que não inchei e nem engordei muito. Iniciei minha gravidez com 68 quilos,nos primeiros meses perdi 7, agora, no oitavo mês, estou com 67 quilos.
Achei interessante estas orientações:
" Quando a mulher tem que se levantar várias vezes à noite para urinar, torna-se importante que ela saiba a melhor maneira de sair da cama, sem forçar a coluna. Isso é feito flexionando os joelhos, virando-se para o lado e sentando-se lateralmente, empurrando com os braços enquanto deixa cair as pernas sobre a parte lateral da cama. Para voltar à cama, o processo é inverso." Leia mais

Posição correta para sentar:

Quando for preciso ficar em pé durante muito tempo, deve-se fazer isso apoiando um pé num suporte elevado, intercalando os pés no suporte.

Uma pesquisa sobre a evolução da gravidez. Leia mais

Ainda não consegui resolver alguns problemas: local onde o parto será realizado e quem o realizará. Isso está gerando ansiedade. Espero encontrar a solução até a próxima semana.
Aumentei o consumo de frutas e água. Loquei uns filmes divertidos, estou tentando manter a calma, buscando compreender as emoções e reações do corpo nesse momento.
Meu parto será cesária devido aos riscos, mas li aqui informações sobre o parto humanizado.
"O parto humanizado e seus benefícios

O parto humanizado não é uma nova técnica de dar à luz, mas um conjunto de atenções que priorizam a vontade da mulher e não as intervenções médicas. Para humanizar o parto é preciso recuperar a naturalidade dele, torná-lo um evento familiar, como era antigamente. Contudo, hoje, podemos somar a isso os recursos científicos, para superar os casos de risco.

Os benefícios do parto humanizado são: recuperação rápida, diminuição de dores e menos casos de depressão pós-parto.

Não há como humanizar o parto sem oferecer todo tipo de informação à mulher. É fundamental o pré-natal para garantir a saúde do bebê e o preparo psicológico da mulher direcionado ao momento do parto. São aconselhadas aulas de ioga, natação, exercícios de respiração e fortalecimento muscular pélvico, e o acompanhamento, a partir do sétimo mês, da doula (o nome vem do grego e significa “mulher que serve”. As doulas são profissionais que ajudam na hora do parto com suporte físico e emocional).

Informe-se
A mulher deve ler: Quando o corpo consente.
Marie Bertherat, filha da fisioterapeuta francesa Thérèse Bertherat, famosa pelo trabalho com gestantes, publicou o emocionante diário da sua gestação. A mãe de Marie aproveita as experiências da filha para ensinar à leitora movimentos que ajudam a relaxar. A parteira Paula Brung participa do livro aconselhando Marie sobre a hora do parto.

O homem deve ler: O casal grávido
O livro da antropóloga Tania Salem explica as mudanças na sociedade que levaram o homem a experimentar a igualdade na vivência da gravidez. Além da questão social, o livro instiga a curiosidade do homem sobre como ele pode participar cada vez mais."

Estou feliz vendo meus seios fartos, pelo visto poderei amamentar! Que bênção!
"os bebês que mamam no seio são menos sujeitos a doenças cardíacas do que os bebês que mamam na mamadeira. Segundo este estudo apresentado pelo American Heart Association e realizado por Nisha Parikh, um cardiologista do Beth Israel Deaconess Medical Center de Boston (EUA), as crianças alimentadas no seio são, na vida adulta, 55% mais numerosas do que as alimentadas na mamadeira a se beneficiarem de um alto nível de HDL ("colesterol bom"), que ajuda a prevenir doenças cardiovasculares."
...
Estou encantada com os bebês que nasceram neste mês: Diego, Gabriel, Mady, Felipe, Ícaro. Que fofos! Continuo 'de olho' acompanhando o crescimento das crianças lindas.
Minhas orações para as mãezinhas que estão no final da gestação. Também para as outras mães e amigas.
Fiquei emocionada com alguns depoimentos lidos nos blogs. Mulheres valorosas!
Força, amigas!
Grata pelas visitas e pelas dicas. Esse compartilhamento é muito precioso.
Muito carinho e afeto

quarta-feira, novembro 21, 2007

Comprei sacola plástica com fecho hermético para colocar os conjuntos da maternidade. Deixarei tudo etiquetado, duas mudas de roupinhas para cada dia. Será suficiente? Acho que sim. Ficarei três dias na maternidade, se tudo correr bem. E vai correr bem, em nome de Jesus!
Só hoje consegui terminar de lavar todas as roupinhas. Amanhã, após passar, arrumarei as malinhas dele e só então começarei a arrumar a minha mala.
A poltrona para amamentação ainda não chegou. Estão me enrolando. rs
E falta comprar o carrinho. Amanhã à tarde verei alguns modelos. Preciso pensar bem para fazer uma compra que atenda minhas necessidades. Fui alertada para o fato de que alguns modelos só são úteis para os 3 primeiros meses, mas depois ficam sem uso por serem grandes, pesados, difíceis para carregar no carro. Sendo assim, muitas mães compram um modelo mais leve para os meses seguintes. É tão caro!
Só comprarei um carrinho... então... preciso pensar muito antes de investir.
Senti tanta ternura olhando para as roupinhas do meu bebê! Enquanto me dedico a esta atividade, fico mais leve, mais feliz.

A respeito das postagens das minhas amigas:

Graças a Deus minha nora está bem. Hoje fui informada sobre o que aconteceu. Ela tomou 3 comprimidos de diazepan ao amanhecer. Ainda bem que foi atendida a tempo de evitar qualquer problema. Agora está sob os cuidados da mãe.
Agradeço muito a força, as palavras de ânimo que trouxeram para mim neste momento.

Carinho e afeto para todas vocês e para seus filhos.
Para as grávidas, um afago na barriguinha.

terça-feira, novembro 20, 2007

Há momentos em que precisamos reunir todas as nossas reservas de bravura para manter o equilíbrio e ficar com "a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranqüilo".
Minha nora tentou suicídio, tomou comprimidos, ainda bem que foi atendida a tempo e passa bem.Isso me deixou tão triste! Senti fortes dores na barriga ontem à noite e hoje à tarde. Graças a Deus, estou melhor.
Agora à noite lavei algumas roupinhas do meu Gabriel. Nos próximos dias vou passar e deixar tudo arrumadinho. Caso o pimpolho resolva chegar mais cedo, não seremos surpreendidos.
Que delícia ver os varais cheios! Essa visão suscita tanta ternura!

Sobre as postagens das amigas mãezinhas:
Adoro a companhia de vocês! Muito grata. Eu me emociono com suas histórias e celebro cada fase de seus filhos.

Eu não sabia que sabão de coco era apropriado para a higiene do bebê. Foi realmente uma surpresa.

Lu, querida...
Teste da Orelhinha, ou Triagem Auditiva Neonatal, que é realizado já no segundo ou terceiro dia de vida do bebê, consiste na colocação de um fone acoplado a um computador na orelha do bebê que emite sons de fraca intensidade e recolhe as respostas que a orelha interna do bebê produz.
O exame logo ao nascer é imprescindível para todos os bebês, principalmente àqueles que nascem com algum tipo de problema auditivo. Estudos indicam que um bebê que tenha um diagnóstico e intervenção fonoaudiológica até os seis meses de idade pode desenvolver linguagem muito próxima a de uma criança ouvinte.
Existem hoje em dia vários tipos de exames que são realizados logo que o bebê nasce, antes mesmo da alta hospitalar. São triagens neonatais que podem prevenir doenças e até mesmo detectar alguma alteração o mais cedo possível para evitar seqüelas mais graves.

O teste do olhinho (ou o teste do reflexo vermelho) é um exame que deve ser realizado rotineiramente em bebês na primeira semana de vida, preferencialmente antes da alta da maternidade, e que pode detectar e prevenir diversas patologias oculares, assim como o agravamento dessas alterações, como uma cegueira irreversível.
Para alívio das mamães, o teste do olhinho é fácil, não dói, não precisa de colírio e é rápido (de dois a três minutos, apenas). Uma fonte de luz sai de um aparelho chamado oftalmoscópio, tipo uma "lanterninha", onde é observado o reflexo que vem das pupilas. Quando a retina é atingida por essa luz, os olhos saudáveis refletem tons de vermelho, laranja ou amarelo.Leia mais

Beijo e carinho, queridas! Afago nos filhinhos e nas filhinhas.

domingo, novembro 18, 2007

O final de semana não foi muito bom. Passei duas noites sem conseguir dormir direito com má digestão. Estou um pouco ansiosa, muito cansada e meio deprê. Nada com Gabriel. Ele só me traz alegria.

Li um artigo intitulado CUIDADOS COM O RECÉM-NASCIDO e trouxe alguns fragmentos para compartilhar aqui.

ORIENTAÇÕES GERAIS:

Praticar o aleitamento exclusivo ao seio até o 6º mês de vida.
Manter posição correta durante a amamentação.
Levar o bebê para fazer o Teste do Pezinho após o 5º dia de vida.
Levar o bebê para fazer o Teste da Orelhinha e Teste do Reflexo do Olho Vermelho o mais precoce possível, pois qualquer alteração poderá ser tratada mais rapidamente evitando problemas para o desenvolvimento do bebê.
Vacinar o bebê sempre nas datas marcadas a lápis no cartão da criança. (Lembre que as primeiras vacinas após a alta são as vacinas BCG contra a Tuberculose e contra hepatite B) .
Só atrase a vacina do seu filho se ele estiver com alguma doença que contra-indique vacinar no momento.
A caderneta de vacinação é válida em todo o Brasil.
Levar o bebê para fazer a Puericultura - é o acompanhamento da saúde do seu filho durante o 1º ano de vida.
Cuide bem do cartão da criança, pois ele é um documento para a vida inteira.
ORIENTAÇÕES ESPECÍFICAS:

No caso de cólicas:

Realizar massagem na barriga do bebê, no sentido horário (como prevenção).

• Realizar exercícios com as perninhas, tipo bicicleta (como prevenção).

• Passar uma fralda de pano com o ferro quente e aplicar sobre a barriga do bebê (no momento da dor).

OBS: Evite ao máximo administrar medicação para cólica ou dor e se for necessário faça somente com a prescrição do pediatra.

O bebê está amarelinho

• Praticar o banho de sol no início da manhã ou no final da tarde por 15 minutos, com o mínimo de roupa possível.

• Observar a parte branca do olho (esclerótida), se ficar amarela procurar imediatamente o pediatra para avaliação.

Brotoejas

• Manter o RN em ambiente limpo, arejado e ventilado.

• Vestir o RN de acordo com o clima.

• Usar 1 colher de chá de amido de milho na água do banho.

OBS: no caso de temperaturas muito elevadas, o RN pode ficar no ambiente com ar refrigerado, mantendo-o com roupas adequadas à temperatura.

Higiene

• Dê no máximo dois a tres banhos por dia .

• Verificar a temperatura da água com a parte interna do antebraço para evitar queimaduras (a água do banho deve proporcionar bem-estar e conforto ao RN).

• Usar sabonete de glicerina para dar banho no bebê.

• Evitar usar óleos perfumados, colônias e talcos, pois podem causar alergia ao bebê.
Limpar as narinas com cotonete umedecido 1 vez ao dia (pelo menos).

• Pingar pelo menos meio conta-gotas de Soro Fisiológico 0,9%, em cada narina quatro vezes ao dia

• Fazer a higiene de genitália e bumbum a cada troca de fraldas, com água e sabão.

Usar lenço umedecido somente quando não estiver em casa, pois podem causar alergia.

• Fazer limpeza dos olhos do bebê com água filtrada, pelo menos 1 vez ao dia.

• Limpar as orelhas do bebê, com cotonete umedecido com água filtrada, na hora do banho. Apenas por fora - não use cotonete dentro da orelha!

• Usar somente sabão de côco para lavagem das roupas do bebê.

Cuidados com o umbigo

• •Fazer a limpeza do umbigo a cada banho e sempre que molhar, usando álcool a 70%.

• Lembre que o álcool deve ser aplicado bem na base o côto, para que resseque bem.

• Mesmo depois de cair o umbigo, continue aplicando álcool a 70% na cicatriz para retirar qualquer umidade que fique após o banho.

• Lembre-se: o umbigo do bebê só cairá quando estiver bem ressecado. Não se preocupe: o clamp umbilical, depois de fechado, não abre mais. Portanto, o umbigo pode ser manipulado sem medo. O coto umbilical demora, em média, de 7 a 14 dias para cair.

OBS: O álcool a 70% pode ser comprado em farmácias e drogarias ou pode ser feito em casa (1 copo de água filtrada e fervida + 2 copos de álcool 98%). Leia mais

Ótima semana para todas nós, para nossos filhinhos e para nossas filhinhas!
Muito carinho

sexta-feira, novembro 16, 2007

Hoje liguei para a Maternidade e me informei sobre o que será necessário levar. O bebê fica com a mãe, salvo se precisar ficar na incubadora. A quantidade de roupa fica a critério da mãe, A maternidade não oferece nada. Falei com uma enfermeira do berçário, ela sugeriu 6 conjuntos completos, 4 cueiros e 3 mantas, algumas fraldas de tecido e um pacote de fraldas descartáveis. Quanto ao material de higiene, só posso levar lencinho umidecido. O hospital usa sabão de coco nos bebês. Fiquei pasma! Sabão de coco! Caramba! Nada de sabonete líquido, óleo, cheirinho...

Chá de Bebê Virtual

Chegou presente para Gabriel! Veio de longe! Salvador, Bahia. Carinho da amiga Deni. Que fofo! Grata, minha querida!


Boas novas! Parabéns à Mamãe Natalia e ao Papai Eduardo pelo nascimento da Madeleine Maria. o blog é http://natalia.eduardo.zip.net.


Meninas, adorei as dicas sobre o que levar para a maternidade. Muito grata!
Beijo e muito afeto

quinta-feira, novembro 15, 2007

Hoje foi um dia muito quente, abafado. Passei o tempo todo deitada com as pernas para cima. Uns incômodos chatinhos: varizes, queimação, dor na perna.
A presença dos meus queridos trouxe alegria: meus pais, meu sobrinho Tiago e minha netinha.
Agora à noite parece que vai chover, um ventinho fresco trouxe mais disposição.
Carolzinha, princesa da vovó


Paquerei umas coisinhas de bebê na Net:
Fiquei encantada com estas mantinhas da marca Colibri. Achei aqui.

E este cobertor, não é uma graça? Achei aqui.

Amei esta Bolsa de Bebê para Passeio - Mickey Luxo Diaper Bag Luxo - Dermiwil. Linda!!! Encontrei aqui.

Estou numa dúvida sobre o que levar para a Maternidade... vi listas nos blogs e sites... mas as dúvidas continuam.
Quantas mudas de roupa para o bebê? Levo shampoo? Sabonete líquido de glicerina da Granado? Levo cobertor? E cueiros... quantos? Quantas mantas? Uma para cada muda de roupa? Hummmmm Mãe-avó de "primeira" viagem. risos.
Beijo, minhas queridas!
Um cheirinho de alecrim para revigorar nossas forças!

quarta-feira, novembro 14, 2007

Que susto!
Ontem na consulta comentei com minha obstetra que estou fazendo umas contrações com um pouquinho de cólica e ela achou que eu poderia estar iniciando trabalho de parto. Solicitou que hoje pela manhã eu fizesse Doppler 3 D para ver se essa suspeita se confirmaria. Em caso positivo, disse que iria me operar ainda esta semana.Graças a Deus Gabriel está bem. O resultado do exame foi muito bom, a médica se enganou. Estou até pensando em trocar de obstetra, ela me assustou demais ontem sabendo que minha pressão poderia subir. Poderia ter apenas pedido o Doppler com argumento que queria ver as condições do bebê, não é? Mas foi tão enfática que me assustou demais. Minha família ficou toda apreensiva e meus amigos também.
Respiro aliviada! Graças a Deus!
Nesse momento contei com as orações e com o carinho de amigas muito especiais. Grata, minhas queridas!
31 semanas de gestação... Bom! Agora é cuidar dos últimos preparativos para o nascimento (no tempo certo, se Deus quiser!) do meu fofucho.
Enfim... comprei as malinhas da maternidade. Lindinhas, não? Pena que a foto ficou escura.

E estes dois conjuntinhos para usar na maternidade:



O terceirinho conjuntinho vai chegar de Sampa. Tia Camilinha tá escolhendo lá. Presente!!! Esse moleque tem uma sorte! Arrumou umas tias porretas que adoram mimar o garotão. rs

Ai ai ai Gabriel ganhou roupinha do Fluminense. Presente da tia Aninha . A mãezinha e o vovô Zulmair são fluminense, mas o papai é flamenguista doente. Isso vai dar uma confusão!!! rs
Iupiiiii Flu!!! É gollllll!!!
Ops! brincadeirinha, papai! rs


Foto da cômoda com o nome do Gabriel no trenzinho de madeira. Ai que encanto!

Reformei esta antiga farmacinha, ela ficará no quartinho do Biel em cima da poltrona de amamentação que também é branquinha ( está encomendada e demorando tanto para chegar!). A antiga farmacinha será usada para colocar talquinho, cheirinhos, etc. Essa mãezinha aqui tem paixão por cheirinho. Tomara que o moleque não seja alérgico. rs



Beijos e suspiros aliviados. E como disse a amiga Benvinda... cheirinhos de erva-cidreira com folhas de cana !!!

terça-feira, novembro 13, 2007

Chá de Bebê Virtual

Que presente lindo a querida Maria Antônia mandou para Gabriel! Chegou hoje de Presidente Venceslau/SP. Já posso ver meu fofucho brincando com ele no berço.
Grata, Maria! É muito lindo!

segunda-feira, novembro 12, 2007

É impressionante como, mesmo com minha experiência de mãe de dois filhos já adultos, eu ainda fique tão aflita com a educação do Gabriel.
Talvez alguns argumentos como: os tempos são outros, contexto diferente... outras necessidades... sejam razoáveis para justificar tanta preocupação. Não sei.
Hoje li uns artigos publicados no site Alô Bebê e trouxe alguns fragmentos para compartilhar com vocês.

Desenvolvimento do aprendizado

Durante os seus primeiros anos, a criança aprende habilidades que serão importantes para a vida toda, tais como andar, comunicar-se por meio da fala, controlar esfíncteres (não necessitar mais de fraldas), comer utilizando as próprias mãos, entre outras.

Nas situações em que ocorrem essas aprendizagens, nas quais a criança encontra-se geralmente no ambiente familiar, são desenvolvidas também formas de aprender que influenciarão a aprendizagem futura, influenciando-a até a vida adulta.

Quando esse processo ocorre de maneira adequada, a aprendizagem acontece de forma equilibrada, contudo, há situações familiares que não favorecem esse desenvolvimento. Em uma família onde, por exemplo, não são dados à criança o amor, a atenção, o tempo e as condições necessárias para que ela brinque, explore os objetos e situações, experimente sensações e aprenda com elas, pode ocorrer o desenvolvimento de um tipo de aprendizagem superficial, que pode levar a dificuldades de aprendizagem escolar ou alterações de linguagem.

(Tânia Regina Bello- Psicopedagoga e Fonoaudióloga)

...
O primeiro dia da criança na escola

A preocupação com a educação dos filhos é uma constante na vida dos pais. Antes mesmo da chegada do bebê, eles já procuram proporcionar o melhor ambiente de convivência, pensando sempre no conforto e na qualidade de vida dos pimpolhos. Muitos chegam até mesmo a consultar as próprias crianças sobre qual é a escolinha que mais lhes agrada. A idéia de que os filhos devem estar à frente de todas as escolhas pode ser um indício de falta de imposição de limites por parte de alguns pais, que pensam que essa liberdade é saudável. “Deixar uma criança escolher, nessa faixa etária (pré-escola), algo tão importante é totalmente inadequado”, alerta a psicanalista infantil Vera Zimmermann. E como os pais devem enfrentar a tensão dos filhos no primeiro dia de aula? Para a psicanalista, a escolha correta da escolinha é essencial para minimizar os problemas desse dia tão importante na vida de uma criança.

O comportamento dos pais influencia muito a reação da criança ao primeiro dia de aula. Para que o pequeno aluno não fique inseguro ao colocar os pés no novo ambiente, os pais devem transmitir a segurança de que aquilo é o melhor para ele. Para a psicanalista, é muito importante que os pais procurem ter contato e obtenham confiança na professora que cuidará de seus filhos, porque ela “assume uma função materna”. A passagem do ambiente familiar para o social é difícil e problemas com a adaptação da criança à nova realidade são naturais. “É até esperado que eles apresentem problemas no início”, opina a psicanalista.

Para ela, a criança que não tenha uma reação, mostrando ao menos um pouco de medo e insegurança no início do convívio em um ambiente novo, pode estar apresentando falta de vínculo familiar ou mesmo falta de espaço para se expressar; ela pode estar sendo muito cobrada pelos pais, que exigem um primeiro dia de aula sem choro. No começo, essas crianças parecem ser as que menos estão sofrendo, porém a dificuldade aumenta com o tempo e a crise é muito maior posteriormente.

Para saber lidar melhor com esse período, quando geralmente a criança tem entre 2 e 3 anos e alcança sua “autonomia corporal”, estando pronta para a estréia escolar, Vera dá algumas dicas para os pais que querem ver seus pimpolhos felizes num ambiente confortável e saudável. A psicanalista avisa que é importante ter disponibilidade para passar algum tempo na escola na fase de adaptação da criança (geralmente uma semana). Convém para isso preparar o próprio ambiente de trabalho para as possíveis eventualidades, como atrasos ou faltas, na medida do possível. Outra dica é ficar de olho na atenção que a escola dá ao problema. “A escola que não respeita isso não é uma boa escola, o que já serve como critério para avaliá-la”.

Vera diz ainda que, quando a criança reage à saída da mãe com pânico mesmo depois de algumas semanas de aula, essa deve ser considerada uma adaptação difícil, mas que pode ser trabalhada com a direção da escola, junto aos pais ou mesmo com a ajuda de um profissional especializado. Enfim, todos os problemas podem ser resolvidos quando recebem a merecida atenção, principalmente dos pais, que devem estar sempre atentos ao comportamento de seus filhos.

(Juliana Araújo)
Queremos muito acertar, não é? Mas como é difícil!

Mudando o rumo da prosa...

Esta é uma semana cheia de consultas agendadas. Hoje foi o cardiologista Dr. João Batista. Tudo bem com a pressão (11X7) e com o coração, graças a Deus! Amanhã será com a obstetra e quarta-feira com o endocrinologista. Provavelmente a obstetra pedirá ultrassom. Há duas datas previstas para meu bebê nascer, e são tão diferentes! Precisamos tirar essa dúvida logo.
Já está quase tudo pronto para a chegada do meu príncipe. Mas ainda não comprei as malinhas da maternidade. Não encontrei nada do meu gosto. Vou aguardar mais um pouco.
O carrinho já escolhi, mas não comprarei este mês porque as finanças andam curtas. risos
A respeito do casaquinho de fustão ...
para Tati e Raquel:
Minhas queridas, fustão é o nome do tecido. Há manta e casaquinho de fustão. A vantagem do casaquinho é que pode ser usado sobre uma roupinha sem mangas. É um tecido fresquinho muito apropriado para clima quente.
Luciana e Lucas Eduardo
Gostaria de retribuir a visita tão cordial, mas o recadinho não tem link.
Camilinha, ainda não assisti ao seriado Mothern. Conheci o blog e o LV através da indicação de duas mãezinhas. Gostei muito. Não tenho canal fechado, querida!
Adorei os recadinhos carinhosos. Grata, pessoal!
Uma semana abençoada!
Beijos

sábado, novembro 10, 2007

Chegou o casaquinho de fustão! Que lindinho! Fiz umas comprinhas hoje para Gabriel.
As fotos:






Excelente final de semana para todas as amigas!
Beijos

sexta-feira, novembro 09, 2007

Encontrei o bendito casaquinho de fustão com uma costureira que atende em casa e fabrica essa peça delicada do enxoval. Nunca atendi mesmo aos modismos. Acho a peça linda e necessária. Amanhã trarei a foto para que vejam que lindo!
Acordei mais disposta hoje. Estou programando a festa de confraternização da Academia Itaperunense de Letras para dia 17/11/07. Será uma tarde agradável com muita música e poesia. A música ficará por conta do maestro José Carlos Ligiéro. Músico excelente! Vez ou outra ele e sua banda dão o ar da graça na pracinha de Itaperuna.
Hoje passarei a tarde cuidando um pouquinho da aparência: corte de cabelo, manicure e massagem. Cremes e cheirinhos. É bom ficar bonitinha, não? O maridão agradece. rs E o espelho também.
.....
Mudando de assunto... acho que estou de volta à infância. rs
Que vontade de ir ao circo!

Di Cavalcanti
O Palhaço, c. 1920
Aquarela e grafite sobre papel
Coleção MNBA, Rio de Janeiro


Palhaços na gangorra- Pintura de Portinari

Adoro as piruetas, as graças dos palhaços... Prefiro o circo tradicional, com suas apresentações aparentemente simples, mas tão lúdicas, belas!
Estou acomedida por vontades gordas como aquelas da personagem do livro A bolsa amarela, de Lygia Bojunga, da Editora Agir.

É um livro sobre uma menina com vontades gordas e magras. Deram a ela uma bolsa muito grande, onde guardou suas vontades.
As minhas.. estou retirando da bolsa. rs

Beijo e carinho para minhas companheiras e para seus fofuchos.

quinta-feira, novembro 08, 2007

Hoje procurei carrinho para bebê. Francamente, olhando os muitos modelos fiquei muito confusa: como escolher? Que critérios adotar na escolha? Faz tanto tempo que passei por essa experência e os modelos são tão diferentes! Mudou muito de lá para cá. Até mesmo as peças do enxoval. Por exemplo: procurei casaquinho de fustão bordadinho, na cor amarelo bem clarinho. Disseram que ninguém usa mais, que não há no mercado. Como assim? É tão lindinho! rs Tem muitas novidades. Estou aprendendo. É tudo novo. rs
Encontrei umas dicas aqui. Mas não sei se são realmente boas.
O que levar em conta na hora de comprar o carrinho de bebê?

Segurança
O que mais deve ser levado em conta na hora de adquirir um carrinho de bebê é a segurança que ele oferece, destacamos os principais fatores e itens de segurança que devem ser levados em conta:

estabilidade: se a mãe pretende carregar bolsas com fraldas, talcos e mamadeira, verifique se o carrinho possui lugar adequado para carregar a bolsa, como cesta porta objetos. Carregar a bolsa em lugares impróprios como pendurar nos puxadores pode prejudicar a estabilidade do carrinho.

cinto de segurança: deve-se dar preferência aos carrinho de bebê com cinto de segurança de pelo menos 3 pontos. Existem ainda os carrinhos que oferecem cintos de segurança de 5 pontos, que oferecem segurança ainda maior.

partes metálicas ou pontiagudas: O carrinho não deve apresentar cantos pontiagudos ou partes metálicas que podem aquecer demais no sol.

bebê de frente à mãe: existem alguns modelos em que o puxador fica de frente ao bebê, assim a mãe pode ficar olhando para o seu bebê quando o carrinho está em movimento.

selo do INMETRO: recomenda-se procurar por carrinhos com selo de aprovação do INMETRO, para ter mais certeza que algum item de segurança passe despercebido.

sistema de freios e travas eficientes: ao pesquisar por carrinhos de bebê, a mãe deve testar o sistema de freios e travas para certificar sua eficiência.

posições reclináveis: o mais recomendado são aqueles que oferecem posição horizontal.


A respeito dos recadinhos:
Pathy, não consegui acesso ao seu blog. Quero conhecer seu filhinho Gabriel. Deixe o link para eu fazer uma visita, viu? Grata pelo carinho.
Que alegria! Ícaro nasceu1 É filhinho de uma amiga, amizade recente que este blog me proporcionou. Que menino lindo! Parabéns aos pais!
Um afago para todas as minhas amigas queridas e para seus filhinhos!

quarta-feira, novembro 07, 2007




"Brincadeiras de Criança", do artista plástico Ivan Cruz.
“Há em nossa alma cansada,

mesmo sendo a vida atroz,

criança eterna e levada

que brinca dentro de nós.”

(Alberto F. Bastos)


Hoje fiquei pensando nas brincadeiras infantis, em proporcionar ao meu Gabriel oportunidades de brincar de forma mais livre. Brincar de jogar bolinha de gude, rodar pião, empinar pipa e, claro, bater bola na rua com a molecada. Não pretendo nem posso viver comprando brinquedos caríssimos. Quero meu filhinho feliz, sem necessidade excessiva de se render ao consumismo. E o mais longe possível dos jogos eletrônicos. Sei que será difícil! rs

Encontrei esta lista de sugestões e trouxe para cá:
33 coisas que as crianças deveriam fazer antes dos 10 anos

Descer rolando um gramado

Fazer uma torta de lama

Fazer sua própria massinha de modelar

Juntar ovas de sapo

Fazer perfume de pétalas de flores

Cultivar agrião na floreira da janela

Fazer uma máscara de papel marché

Construir um castelo de areia

Subir numa árvore

Fazer um esconderijo no jardim

Fazer uma pintura com os pés e as mãos

Organizar seu próprio piquenique de bichinhos de pelúcia

Ter seu rosto pintado

Brincar com um amigo na areia

Fazer pão

Fazer anjos na neve

Criar uma escultura de argila

Fazer parte de uma caçada cata-lixo

Acampar no jardim

Assar um bolo

Alimentar um animal de fazenda

Colher alguns morangos

Jogar varetas

Reconhecer cinco espécies diferentes de pássaros

Achar algumas minhocas

Andar de bicicleta em uma poça de lama

Fazer e soltar uma pipa

Plantar uma árvore

Construir um ninho com grama e gravetos

Encontrar dez folhas diferentes no parque

Fazer uma horta

Servir café na cama para seus pais

Fazer uma corrida de obstáculos no jardim


Já experimentei algumas dessas brincadeiras sugeridas aqui.

Hoje estou melhor, graças a Deus! As orações das amigas queridas chegaram ao trono do Pai.
Aos poucos estou terminando de cuidar do enxoval, escolhendo as peças que serão levadas para a maternidade. Mas não decidi nada ainda sobre as malas. Não encontrei nenhuma outra que fosse do meu agrado. Isso está me aborrecendo muito. Bobagem, não é? rs
Ainda procuro um conjunto para saída da maternidade, branquinho, de malha, 100% algodão, tecido que faça carícia na pele do meu bebê. Afinal, janeiro é um calor tremendo aqui. Continuarei procurando. Pedi para minha amiga Camila ver se encontra em Sampa.
Estou administrando os ciúmes dos filhos e do neto. Morrem de ciúmes do Gabriel!Tomara que isso passe logo. Coisa chata!
Uma notícia maravilhosa: estava morrendo de medo de não conseguir amamentar. Meus seios não estavam dando sinais como ocorreu nas duas gravidezes anteriores. Hoje, para minha felicidade, os sinais surgiram e bem evidentes! Que bom!
Outra novidade aqui: as contrações de Braxton Hicks começaram.
Beijos e muito carinho para todas as amigas e todos os amigos que estão conosco aqui. Muitas bênçãos! Grata pela atenção e pelos comentários cheios de delicadezas.

terça-feira, novembro 06, 2007

Meu Gabriel ganhou uma dinda virtual. Esse vínculo carinhoso não está relacionado ao aspecto religioso, mesmo porque, minha religião não batiza crianças.
Geisa, dinda do Gabriel, é poeta, mulher admirável!

Olha que acróstico lindo a dinda fez para o afilhado:

Gabriel!
Anjo descido do Céu,
Bendito seja na Terra!
Rogamos que o Pai Celestial
Inunde-o de sabedoria e paz,
Espargindo a sua volta
Louros gloriosos de amor

Estou amando ler os blogs das mamães e das gestantes da minha lista de preferidos. O compartilhamento de experiências e emoções traz muito crescimento. Sem falar nas amizades que se iniciam dessa forma.

Minha pressão subiu ontem à noite. Senti forte dor de cabeça e na nuca após às 12h. Preocupações com o filho mais velho. Como evitar? Impossível! Mas estou tentando ficar calma. Oração, carinho, suco de maracujá, medicação, consulta agendada com o cardiologista, com a obstetra e com o endocrinologista. A glicose está em 76. Boa.
O calor dá sinais de retorno. Meias elásticas, dieta... Ufa!

Ontem Gabriel ganhou presentinhos de alguns amigos que não compareceram ao Chá de bebê. Fraldas,aspirador nasal e outros mimos.
As fotos:





Beijo carinhoso para as queridas e os queridos que acompanham este cantinho.